Backes Aponta Mau Uso de Lixeira

0
65

Em manifestação na Tribuna Livre, o vereador Sérgio Backes (PSDB) saudou a todos e complementou a colocação do colega Milton Weiler sobre a queda do valor do leite. Mencionou que a solução consiste na fixação de preço pelo Governo por dois a três anos tanto do leite como do combustível, frango, suíno, milho, soja .

Sobre o seu pedido de licença, esclareceu que é uma maneira de oferecer oportunidade a quem o ajudou a ocupar uma cadeira no Legislativo evidenciando que nenhum vereador se elege sozinho e afirmou que se pudesse, daria mais tempo para atuarem devido ao seu merecimento.

Quanto ao Projeto aprovado que estima a Receita do Município de Cruzeiro do Sul, Backes mencionou que no momento atual já seria necessário um valor de R$ 40.000.000,00 para o Município ter melhores condições de investimento. Acredita que a situação melhorará futuramente devida as empresas que virão à cidade, mas isso será possível perceber a médio prazo apontando as obras que atualmente estão sendo executadas.

Proferiu sobre o container disponibilizado aos índios para a colocação de lixo. Lamentou que os indígenas não direcionam os resíduos à lixeira e sim, depositam ao lado do recipiente o que dificulta o trabalho dos lixeiros e gera odor desagradável aos operários que estão trabalhando no Distrito Industrial. Solicitou a interferência da Administração e lamentou a atitude desses moradores.

Falou do velório que presenciou deixando seus pêsames a família Schmmer pelo falecimento do único filho e lastimou o triste episódio.

Em continuidade ao seu pronunciamento, divulgou as próximas competições de bocha, parabenizou o Município pelos seus cinquenta e cinco anos de emancipação, falou sobre o desfile das Soberanas e da festa de escolha da nova corte da ExpoCruzeiro.

Relatou a sua visita ao estabelecimento de Milton Bohren e registrou a alta velocidade que os veículos trafegam naquele trecho sendo a periculosidade aumentada quando somada ao fluxo proveniente da Travessa Schardong. Solicitou a instalação de um redutor de velocidade para o início do próximo ano destacando que há dois educandários nas imediações e salientou a necessidade de rever a lei que proíbe os quebra-molas.

Concluiu sua explanação apontando a péssima condição do asfalto da Avenida Beira Rio que liga Cruzeiro do Sul a Lajeado citando a fatalidade que ocorreu dias atrás nesse trajeto.