OCUPAÇÃO INDÍGENA NAS MARGENS DA RSC-453 É MOTIVO DE NOVA REUNIÃO

0
144

Na tarde do dia 18 de abril aconteceu na Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Sul, a reunião entre os interessados no assentamento das famílias da tribo Kaingang às margens da RSC-453 em Cruzeiro do Sul, localidade de São Rafael próximo ao Distrito Industrial.

Tendo por objetivo encontrar uma solução hábil mediante uma conversação transparente entre os envolvidos, os representantes de cada órgão participante expuseram a sua posição referente ao assunto.

O procurador da República de Lajeado, Fernando Machiavelli Pacheco, esclareceu que o intuito do encontro é de evitar uma ação judicial futura.

Na visão dos indígenas, a área é ideal pelos recursos naturais que ali se encontram para a produção de seu artesanato e a localização favorece a comercialização dos produtos.

Já o Município aponta o local como impróprio justificando que há um projeto em andamento para a instalação de uma rótula de acesso ao Distrito Industrial que abrange a área onde os indígenas estão fixados. Outra preocupação por parte do Município se dá pela insegurança que a autoestrada oferece aos moradores do povoado quanto ao fluxo acentuado de veículos na rodovia e pelo trânsito intenso oriundo do próprio Distrito sendo predominantemente, de caminhões.

Estiveram presentes no ato, representantes do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), Ministério Público Federal (MPF), Fundação Nacional do Índio (FUNAI), Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), Administração Municipal, índios e os vereadores: Anastacia Zart (PT), Presidente Adriano Schneider (PSDB), Gustavo Richter (PDT), Jair Klein (PP), João Führ (PDT), Leandro Olbermann (PSDB) e Milton Weiler (MDB).