Presidente da Câmara Elogia Atuação de Secretário

0
321

Em sua manifestação na Tribuna, o Presidente Adriano Schneider (PSDB) após saudar a todos, agradeceu o Secretário de Saúde pela palestra do dia 22 de agosto onde foi apresentado o trabalho praticado com pessoas que apresentam riscos de suicídio e, simultaneamente, demonstraram a importância do acompanhamento desses pacientes evitando assim, possíveis tragédias no Município. Elogiou a dedicação de Israel Moccelin à frente da Secretaria de Saúde e Saneamento salientando que é uma das pastas mais importantes de um Município. Da mesma forma, proferiu sobre os benefícios da palestra motivacional realizada no dia 14 de agosto ministrada por Geovane Godois.

Destacou a excelência na execução da obra na estrada próximo ao Arroio Sampaio recordando que era uma necessidade de anos e elogiou a elevação do trecho próximo ao Mauro Soares, em Linha Lotes, concluindo que depois dessa ação, a rua não será interditada com facilidade em episódios de enchente, como havia acontecendo.

Sugeriu à Administração Municipal que as obras em estradas fossem bem sinalizadas visando orientar os motoristas já que, em situação de chuva, as condições de trafegabilidade ficam precárias.

Recordou os inúmeros documentos de sua autoria enviados à RGE-Sul no ano passado solicitando a troca de postes nas localidades da Maravalha, Arroio Grande, Boa Esperança Alta e Baixa e parabenizou a empresa pelas substituições e pelo bom trabalho executado.

A respeito da RS-130, Schneider mencionou a reunião que ocorreu com os representantes do Daer onde foi acordado que retomarão os trabalhos na rodovia mediante empresa terceirizada, entretanto, registrou que atualmente a via está intransitável solicitando a intervenção do Município para, ao menos, amenizar a deficiência da via.

Quanto ao documento apresentado pelo vereador Sérgio Backes a respeito dos orelhões, Adriano mencionou que a utilização de telefones públicos é baixíssimo devido ao aumento do uso de celulares e desconhece o motivo dos mesmos permanecerem instalados pela cidade, sendo que muitos deles, pelo ponto que está fixado, estorvam.

Finalizou sua manifestação autorizando a compra da máquina de café para a Casa Legislativa argumentando que adiou sua decisão para não haver o risco de exceder o orçamento.