TIO BACKES SOLICITA A PROIBIÇÃO DE PESCA PROFISSIONAL EM LAGOA

0
122

O vereador Sérgio Luis Backes (PSDB), em pronunciamento na Tribuna Livre, saudou o Presidente Adriano Schneider (PSDB), demais membros da Mesa, vereadores, empresários, suplentes de vereador e demais presentes.

Backes, complementou o assunto sobre as publicações anônimas em redes sociais, levantado anteriormente pelo colega Ubirajara da Silva Marques (PP). Mencionou que não acreditava que havia algo pior que um funcionário público que não executava suas funções mas os autores desses textos, sobressaíram, e justificou que o ato é movido pela inveja. Reportou que gostaria que esses indivíduos fossem candidatos a cargos públicos, fossem de casa em casa, pedissem votos que, em suas palavras: “dessem a cara a tapa” e posteriormente mensurassem a quantidade de votos que conquistaram. “São uns falcatruas que não tem nada pra fazer na vida. Tem gente que não está trabalhando há quase dois anos e estão vivendo de fofoca…” lamentou o vereador.

Sérgio proferiu sobre a reparação nos calçamentos da cidade e divulgou que a Administração contratou uma empresa para essa atividade, relatou que avistou o trabalho nas proximidades do Posto de Saúde e na rua do Pé de Chumbo. Citou que fez solicitações para que as manutenções sejam efetuadas no bairro Vila Célia, Passo de Estrela, Distrito Industrial e demais locais de conhecimento da Administração. Sobre a pavimentação do Distrito Industrial, Backes caracterizou a situação como vergonhosa e, na sua percepção, foi um desperdício financeiro mas, demonstrou-se animado com a contratação do serviço.

O vereador falou sobre os consertos realizados pela Corsan. Lamentou o fato de muitas das vias públicas estarem cortadas, mas principalmente pela demora no fechamento desses buracos. Sugeriu que, se a não reparação da rua passar de três dias, que seja enviado um protesto por parte da Câmara de Vereadores. Embasando o seu comentário, citou o episódio após a ponte do Bom Fim sendo que a cratera chegava na faixa de 20cm de profundidade e que, primeiramente o reparo foi realizado pela Prefeitura Municipal e após, pela Corsan. Sérgio pediu para que a Companhia tenha mais preocupação com o município. Completou mencionando que acredita que se houver uma pressão por parte dos vereadores, os consertos ocorrerão com mais agilidade.

Expôs a grande procura por peixe durante a Semana Santa que refletiu nas boas vendas por parte de proprietários de açudes particulares e nas tradicionais feiras do peixe. Argumentou que essas pessoas obtiveram êxito na comercialização pela decadência do número desses seres no rio e lagoa. Fundamentou a sua Proposição tendo por conteúdo a proibição da pesca profissional com redes e tarrafas na Lagoa Crispim, argumentando que essas atitudes estão prejudicando o espaço aquático. Salientou que a lagoa não é para pesca e sim um ponto turístico principalmente em Cruzeiro do Sul que não tem muitas opções nesse aspecto. Agradeceu os colegas pela votação favorável da Proposição e acrescentou que as 120 pessoas que participaram do abaixo-assinado ficarão felizes pela proibição.

Parabenizou a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, Secretaria de Educação, Cultura e Esportes e o número elevado de voluntários que participaram da decoração Pascoal. Mencionou o quanto a cidade ficou bonita com os adereços que resultaram em elogios por parte de outras cidades. Divulgou que anteriormente não tinha os passeios do Cruzeirinho, a praça cheia e a cidade movimentada à noite como atualmente se vê e parabenizou a Administração pela ação.

Relatou a conversa que teve com o prefeito Lairton Hauschild e com Luis Henrique Bohn onde informaram que estão prestes a receber a liberação do britador e do material. Frisou que esse processo está lento e não entende o porquê, afirmando que o município está com sérios problemas nas estradas do interior. Comemorou que a extração de cascalho está liberada e salientou que quando há possibilidade de retirada, precisa ser feito pois é um material praticamente sem custo.

Comentou sobre a Proposição apresentada pelo Presidente Adriano Schneider (PSDB) que trata da retirada da parada de ônibus no trevo que dá acesso à Linha Sítio. Backes concordou com a Proposição porém sugeriu que a realocação do ponto de ônibus seja bem avaliada em função da Seixos Pedra Nobre que ali se encontra, levando em conta o fluxo de veículos pesados provenientes da empresa. Propôs a instalação da parada na direção da Boa Esperança Alta evitando problemas futuros quanto ao acesso ao empreendimento.

Encerrou o uso de seu espaço proferindo sobre o Requerimento de sua autoria a respeito das raspas de asfalto da RSC-453. Narrou que em 2015 solicitou à Administração para que esse material fosse recolhido porém sua atitude foi em vão, já que na época, Lajeado foi beneficiada com 80 cargas que deveriam ser destinadas ao município. Apontou como motivo dessa falha, a falta de interesse da Administração daquela época e solicitou que tenham cuidado para que o episódio não ocorra novamente justificando que o material é sem custo.